sábado, 7 de maio de 2011

Minha Mãe...grande mulher...

Um dia fui filha, daquelas que fazem tudo pela mãe... Nossa minha mãe era demais... um ser iluminado cheia de luz...cheia de amor... não só por mim, mas amava todo mundo e foi com ela que aprendi que ninguém é feio...que ninguém é ruim, que o mundo que muda as pessoas, que todo mundo nasce bom e bonito, ela era brava... mas era doce..., andava descalça pela rua, não estava nem ai com nada, não ligava com que os outros falavam, interessava só o que ela achava, e sempre estava certa...ninguém mandava nela não...o que dava na telha fazia...era correta...não julgava...ajudava quem precisava, era caridosa, não estudou muito, mas tinha um sabedoria imensa... quanto eu aprendi com ela...aprendi a  ser sempre verdadeira ... ser transparente...que por mais dura que seja a verdade tem que ser dita..Aprendi deixar de ser filha e ser MÃE, deixar de ser menina e ser MULHER, não me dava moleza não... aprendi que o mundo não é cor de rosa as vezes é cinza , e se não ficar esperta ele te engole, mas se for esperta pode saboreá-lo com prazer...
Que por mais problemas que tenha nunca... mas nunca abaixe a cabeça.
O rosto tem sempre que sorrir, o riso é pra tolos o sorriso é da alma...
Que o hoje é pra ser vivido e amanhã é outro dia...
E nunca me esquecer de Deus...
Iluminada ...linda é minha mãe...
Não está mais comigo... deve ter virado estrela...
Pra mim ela não morreu... porque o meu amor por ela ainda vive, e pra mim isso me basta...ainda converso com ela...e sei que me ouve... Espero te aprendido o suficiente, para ser para meu filho o que a D. Lilia  foi pra mim...
Mãe te amo....sempre... sem tristeza...só amor..







Postar um comentário