sábado, 1 de outubro de 2011

ACREDITE EM VOCÊ...

Esta semana assisti uma palestra, que mais parecia um livro  de auto ajuda, daqueles comprados em bancas de jornais. Prestando atenção, vi com um empresa vê um candidato a emprego, e mesmo o funcionário que já está com sua vaga na empresa. Impossível que seja um conceito único, senão já não acredito mais em nada.
Claro que todos temos que ter o nosso marketing pessoal,  mas ninguém é um produto, ninguém é vendável.
Temos que ter o cuidado para não perder a essência, o que realmente somos, e o que pretendemos, temos que ser verdadeiros conosco, e não preencher as perspectivas de terceiros anulando o que somos.
Será que vale você se travestir do que não é por conta de um trabalho?
A realidade é dura somos apenas um número no registro social, e diante do que ouvi somos produtos, que são comprados. Duro isso, será que isso é real, ou estou fantasiando?
A sobrevivência depende do trabalho sim, mas até o trabalho tem que ser prazeroso.
Caso  vá a uma entrevista de emprego, você sabe de sua capacidade, seja confiante, e não  mascare, deixe sua essência fluir. Caso não dê certo tente outra vez, e vá tentando.
Um dia alguém verá, que mais importante que um número, ou produto vendável, o que vale é a pessoa, que tem nome e sobrenome e um valor inestimável.
Acredite só em uma coisa, você é bom no que faz, confie nisso.
Postar um comentário