quinta-feira, 13 de outubro de 2011

A culpa sempre é dos outros.

Como é difícil para certas pessoas assumirem responsabilidades em seus atos. Vejo isso constantemente em vários meios que circulo.
Se não vai bem em uma prova, a culpa é do professor, que não explicou direito. Mas como  ir bem se nem  estudou?...mais fácil justificar seu erro, acusando o outro.
Em um casal onde a discussão é constante, um sempre acusa o outro, nunca dividem a culpa pelo fracasso.
A realidade, é que isto é próprio do ser humano, é mais fácil ver o erro nos outros, do que ver isto refletido em nós.
É justamente isso que leva a situações de afastamento, temos que ter ponderação, refletir antes de falar, antes de magoar.
O mesmo se aplica ao pré conceito, o pré julgamento, por quantas vezes formamos conceitos de alguém sem mesmo dar oportunidade para sabermos realmente quem é, e esses conceitos são repassados de uma forma tão incoerente  que isolam as vezes um ser maravilhoso, que valeria muito a pena conhecer.
Então, diante disso, tudo vale uma reflexão dura de nós mesmos, a evolução parte de dentro para fora de cada um de nós, e tem que ter coragem para fazer isso, e mais coragem ainda para dizer o" erro foi meu". Quando tiver essa atitude responsável, pode ficar feliz, você cresceu, você virou gente, mas gente de verdade, daquele tipo que vale a pena conviver.
Postar um comentário