sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O silêncio é de ouro.

Há  momentos na vida de cada um de nós, que o silêncio vale mais que mil palavras.
Que para muitos é covardia, por não responder a altura. Para mim é sabedoria.
Muitas coisas são evitadas, se respostas não são dadas, e ao contrário que muitos pensam não é fraqueza ou pobreza de argumentos, é apenas o desejo de evitar constrangimento ou algum tipo de decepção.
Você demora anos para fortalecer uma relação, e muitas vezes em dez minutos de bate-boca, o que era doce se acabou.
Porque estamos apenas preparados, para aquilo que queremos ouvir. Aquilo que não nos agrada, nos deixa nervosos.
E como diria os mais velhos, ninguém discuti sozinho, se isso pode ser evitado, por que não?
Este é um belo discurso, mas estou escrevendo sobre isso hoje, porque presenciei uma discussão sem um porque, sem fundamento nenhum. E como é triste ver um ataque verbal cheio de raiva, que coisa feia, uma pessoa tripudiando outra, e o pior um usando de uma oratória fantástica, para abater o já caído. Talvez com igual a coisa seria diferente, porque aquele que pensa que tudo sabe, nada sabe, e encontraria um mais sábio, que com certeza, ia deixa-lo falando sozinho.
Precisamos ser mais tolerantes, ter mais paciência, as diferenças existem, mesmo que não concordemos, temos que aceitar. Portanto o Silêncio as vezes é necessário, e ele vale ouro.
Postar um comentário