quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Mais uma vergonha nacional.

Foi empossado ontem 28/12 o Senador Jader Barbalho (PMDB-PA), em uma bela solenidade com a mesa diretora do Senado, embora tenha sido barrado anteriormente pela Lei da Ficha limpa, foi beneficiado pela interpretação do STF, e substitui Marinor Brito (PSOL-PA).
Renunciou em 2001  para se livrar do processo cassação após suspeita de envolvimento no desvio de dinheiro da SUDAM para custear um criadouro de rãs cerca de R$ 9,6 milhões.
Bem, o direito do político foi garantido em um voto de desempate pelo ministro Cesar Peluso, alegando que a lei de inelegibilidade valeria apenas para as eleições de 2012. Aí eu me pergunto e os outros que votaram contra, entendem a lei de forma diferente?
O que de fato me espamta é o número de votos recebidos pelo Senador na eleição cerca de 1,8 milhão de votos, aí volto a me perguntar o que acontece?
Houve protestos, 3  pessoas estavam protestando, mas ainda bem que existem 3....
Realmente me faltam até palavras para mostrar minha indignação depois de ler que o maior adversário foi a Lei da Ficha limpa.
Lei é Lei, é para mim , para você e para todos. Até quando vão ser criadas brechas para beneficiar corruptos? ou as Leis são apenas para nós meros mortais?
Detalhe..a posse foi realizada em pleno recesso parlamentar...
Postar um comentário