sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Que não seja imortal,posto que é chama...

Como dizia o grande poeta Vinícius "Que não seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure." Neste soneto ele descreve o amor e a paixão em toda sua essência ...eu acho simples mente lindo este soneto.
Neste soneto Vinícius descreve como um homem deve fazer para viver um grande amor e diz que deve ser de uma só mulher porque aí está o valor de um grande amor...ser de uma por inteiro. Que do seu corpo fazer morada onde vive a mulher amada ...
Ah!!! pra se viver um grande amor, há de se tomar cuidado com aquele amigo que não é apaixonado,porque quem não está, vai sempre arranjar um jeito de iludir o grande amor.
Para viver um grande amor é preciso fieldade porque amor nenhum amor resiste a duplicidade, e ter a grande liberdade de ser de uma só.
E necessário ver a sua bem amada, como sua primeira namorada...
Quando Vinícius diz que é melhor manter um crédito na florista do que na modista, porque o que o seu grande amor quer saber mesmo é de amor, esse amor, quer só um lindo ramalhete de flores e o que ele representa, não são eternos,mas eternizam o momento...
Adoro quando diz que precisa fazer "coisinhas", coisas que só os sensíveis sabem, são comidinhas e agradinhos que conquistam ainda mais seu amor.
É preciso estar junto sempre, não presente...Mas junto sempre no pensamento a ponto se tornarem um só...
É preciso estar bem de corpo e mente, qualquer baixo seu a amada sente e enfraquece o amor..
Há de ser cortes  e delicado, há de se conquistar todo dia a mulher amada, e ser feliz neste amor enquanto arder essa paixão... e será com certeza infinito enquanto durar... Isso pra quem quer viver um grande amor...
Postar um comentário