quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

LUTO

Esta semana, presenciamos e nos consternamos com a tragédia de Santa Maria, onde mais de duas centenas de jovens perderam suas vidas, em um lugar onde deveria ser seguro e divertido, negligência e irresponsabilidade assumiram o papel. 
Foi uma avalanche de corpos jovens, a serem listados para enfim serem entregues aos seus pais, pais estes que passaram a noite em claro em busca de notícias de seus filhos. Busca inútil, o endereço já estava determinado.
Muito já foi dito sobre a tragédia, a pergunta  é: como fica a vida desses pais que ficaram orfãos de seus filhos? como fica a casa vazia? o som sem música? o quarto desarrumado?
O Luto por qualquer ente querido é muito difícil ser superado, o choro a tristeza, um momento de recuperação, depois volta a melancolia. Mas a perda de um filho é algo que dói demais, só de pensar as pernas já bambeiam.
Neste caso o Luto e a tristeza é de âmbito mundial. Entretanto logo o noticiário cessa, e outra notícia toma o lugar. E daqui alguns anos vamos nos lembrar vagamente do acontecido.
Quem realmente sentirá a perda é aquele que convivia com o jovem "perdido", as visitas, os parentes, os amigos cada um segue sua vida, o que é normal e natural, nenhuma cobrança quanto a isso. Ao fechar da porta, quem vive o cheiro, o sabor do luto é quem fica. Esse processo vai trazer lembranças boas intercaladas com a tragédia. O choro vai ser inevitável e pode durar dias, meses, anos. Não há um tempo certo para libertação do luto. Muitas vezes é necessário ajuda clinica e/ou psicológica, dependendo da extensão da tristeza e a quem afeta.
Mas, uma coisa é necessário saber, o luto tem que ser vivido, e nesse caso há de ser respeitado, se puder ajudar confortando ótimo, caso contrário apenas respeite.Nada que for dito, amenizará esses sofrimento. Usemos o verbo compadecer, que tenhamos a capacidade de sofrer com..., e aceitar o inadmissível.
Que os jovens descansem em paz e que seus pais tenham a força de viver seu luto.


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A maior prova de amor, é deixar partir...

A maior prova de amor é deixar partir...o que vem antes disso é egoismo...
O amor para ser verdadeiro há de ser profundo integral e sem medida, é alegrar-se com a alegria do outro e com ele festejar...
É rir da piada mais em graça com a espontaneidade, tal como uma criança que assiste a apresentação de um palhaço no circo pela primeira vez...
É entender um momento difícil só pelo olhar, sem mais "pôr ques", é respeitar o silêncio sem questionamentos...
É sentir a dor como sua fosse, só que remédio para isso não existe...Mas um sorriso possa melhor muito.
Amor entrega, se não for não é amor... 
É não ter vergonha nunca, seja pela roupa, se é magro ou gordo, pois amor não se mede pelo olho alheio e sim aos olhos do coração de quem o sente.
Amor é sentir a felicidade que o outro sente, e é compartilhar as lágrimas de tristeza...
Amor é deixar partir, seja porque motivo for, pode ser  pela morte ou por um outro amor.... Porque esse amor é seu o deixar partir  é um brinde a todos os momentos de felicidade que esse amor lhe proporcionou...
E siga talvez só,ou não pela sua vida, mas siga, e principalmente VIVA em homenagem a esse amor, que nunca vai sumir... apenas vai descansar...

Dedico ao Ney....

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

ALMA DE GUERREIRO.

O Brasil está aparentemente indignado por conta da posse do Deputado José Genuíno, anteriormente condenado por corrupção. Ora, a lei parece que apresenta brechas, e permite a posse como suplente.
É absurdo, porém aconteceu... 
Vejo centenas de pessoas manifestando em redes sociais a indignação. Mas não sai de lá.
Voltemos então um pouco no tempo, muitas das mudanças alcançadas neste País, foram de responsabilidade da população, custou caro , muito caro no tempo da ditadura, foram vidas que retiradas por conta de um sistema de gente má que só buscava o poder, e quem pensava diferente havia de ser banido e assim foi feito, até hoje famílias procuram os corpos de seus entes em vão. Entretanto foi uma luta que embora infelizmente lavada com sangue alcançou mudanças.
Logo depois, começaram os movimentos sindicais que tomaram forma e força, e mudaram muito o sistema de relacionamento entre empregador e empregado, embora muitos desses morreram aos poucos juntamente com os ideais de outrora.
Os estudantes secundaristas e universitários, eram uma só voz junto com os trabalhadores para "AS DIRETAS JÁ".
A juventude através de movimentos estudantis como a UNE, conseguiram através de manifestações com apelo popular causar o impeachment  do então presidente Fernando Collor de Mello, os gloriosos "Caras pintadas".
O Brasileiro e a juventude tem essa alma de guerreiro, tem um discurso pronto, cheio de detalhes, o que falta é unir a quem tem  os mesmos objetivos e a mesma sede de mudança.
Nosso País felizmente é democrático, a manifestação é permitida desde que seja pacífica, sem desordem.
O que disse aqui foram poucos exemplos, se for dar uma mexida na  história recente  muita conquista foi alcançada pelo povo comum.  
Acorda moçada, essa luta é sua, o sistema pode ser mudado a qualquer momento o povo tem força, é só acreditar.